segunda-feira, 14 de agosto de 2017



Procura-me

       Ivone Boechat

Quando eu partir,
se deres falta de mim,
procura-me, nas flores do jardim,
escolhi assim
para enfeitar de perfumes e cores
as paixões.

Procura-me na madrugada,
quem sabe posso estar até calada,
falando de amores, nas canções?
Procura-me
nas estrelas e constelações,
é bem certo que eu esteja,
em qualquer universo,
cintilando emoções.

Procura-me nos encontros,
nas ternuras da vida,
estarei vibrando, em cada abraço,
serei até sentida:
nos olhos, nos beijos, na despedida,
fugindo das solidões.


Amanhecer 1ª.edição Unigranrio 1983 RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário